Logo Accredited by CHKS

Cabeçalho da página

Doença de Kikuchi-Fujimoto. Caso clínico

Pedro Correia Azevedo, Joana Silva, Ricardo Macau, Francisca Delerue, João Namora

Resumo


Uma mulher de 31 anos, com nódulos e desconforto na região cervical direita e emagrecimento foi referenciada à consulta de Medicina Interna por suspeita de doença linfoproliferativa. Apresentava adenomegalias cervicais posteriores esquerdas sem sinais inflamatórios, sem outras organomegalias. A biópsia ganglionar revelou aspectos de linfadenopatia de Kikuchi. A avaliação laboratorial permitiu excluir causas infecciosas e imunológicas. O mielograma e a tomografia computorizada corporal não mostraram alterações. Dado a escassa sintomatologia foi apenas medicada com anti-inflamatório não esteróide. Assistiu-se a melhoria clínica e desaparecimento das adenomegalias. A doença de Kikuchi é uma causa rara de adenomegalias cervicais em mulheres jovens cursando com febre e emagrecimento. A etiologia é desconhecida. Habitualmente os sintomas resolvem espontaneamente em um a quatro meses; em casos mais graves podem ser iniciados glucocorticóides. Alguns doentes desenvolvem lupus eritematoso sistémico.


Texto Completo:

HTML PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.