Saltar navegação
SNS - Serviço Nacional de Saúde

Maternidade

Apresentação
Organização
Equipa
Consultas
Exames
Contactos
Documentos
Maternidade

A Maternidade do HGO realiza em média cerca de três mil partos por ano. O Bloco de Partos (BP) e o Serviço de Urgência Obstétrica e Ginecológica (SUOG) situam-se no piso 1 do edifício central e procuram prestar cuidados de saúde diferenciados à população feminina desde a abertura do Hospital.

 

Estes serviços são reconhecidos pela sua qualidade, uma vez que regem toda a sua prestação de cuidados à população tendo como princípio que todos têm direito de receber cuidados eficientes e de qualidade, dados sem discriminação de raça, nacionalidade religião ou situação socioeconómica, facilitando, assim, o acesso e a equidade na prestação de cuidados de saúde.

 

O HGO é hospital perinatal diferenciado e Hospital Amigo dos Bebés (UNICEF) desde 2005.

 

A Maternidade dispõe de:

  • Corpo clínico de obstetras, neonatologistas e anestesistas de competência e experiência reconhecidas;
  • Corpo de enfermagem especializado em cuidados à mulher, à grávida e ao recém-nascido;
  • Serviço de urgência obstétrica e ginecológica disponível 24 horas por dia, ao longo de todo o ano;
  • Bloco de partos dotado dos recursos físicos, humanos e tecnológicos;
  • Unidade de cuidados neonatais;
  • Sistema de segurança para recém-nascidos, através do sistema de pulseiras eletrónicas.

  

Toda a metodologia de trabalho tem como alicerces a humanização e satisfação das utentes/família:

 

Privacidade

  • Todo o trabalho de parto desenvolve-se em quartos individuais, exceto grávidas internadas no BP para vigilância. Todas as utentes que recorrem ao SUOG também são triadas e observadas em salas de observação individual, em que se respeita a confidencialidade e privacidade.

 

Conforto

  • Dispomos de todos os equipamentos necessários ao conforto das utentes. Todas as salas dispõem de aparelhagens de som, em que a utente pode levar música da sua preferência.
 

Segurança

  • O BP encontra-se equipado com cardiotocógrafos ligados a uma central de monitorização, permitindo a monitorização permanente do bem-estar materno-fetal sem intrusão na privacidade do casal. Dispõe de equipamento de monitorização por telemetria que permite a livre movimentação da gravida. O HGO possui também um sistema de pulseiras eletrónicas para Recém-nascidos.

 

Acompanhamento

  • É permitida, no BP, a presença de uma pessoa significativa no decurso do trabalho de parto à escolha da grávida. No SUOG também é permitida a visita de acompanhantes a utentes internadas no serviço de observação. Os acompanhantes devem cumprir escrupulosamente todas as orientações que lhes forem transmitidas pelos membros da equipa do BP e SUOG. No BP E SUOG os acompanhantes só podem circular nas zonas autorizadas.

 

Relação precoce mãe-pai-recém-nascido

  • No BP fomenta-se o contacto precoce pele a pele após o nascimento entre a mãe e o recém nascido, bem como a amamentação precoce nos primeiros 30 minutos de vida, com vista à promoção da vinculação entre mãe-recém-nascido.
 

Visitas

  • O HGO recebe periodicamente visitas de grupos de grávidas que realizam preparação para o parto nos Centros de Saúde da área de influência. Estes grupos são recebidos por um enfermeiro do serviço, que faz uma visita guiada às instalações físicas, explica o modo de funcionamento/ dinâmica do serviço e esclarece dúvidas colocadas. Se a sua gravidez não está a ser vigiada no centro de Saúde e pretende visitar o Bloco de Partos, pode contactar o serviço para agendar a visita.
 

Parto normal

  • Segundo a Organização Mundial da Saúde, entende-se por parto normal: parto de início espontâneo, de baixo risco no início, mantendo-se assim até ao nascimento. A criança nasce espontaneamente, em apresentação cefálica de vértice, entre as 37 e as 42 semanas completas de gravidez. Depois do parto, a mãe e o bebe apresentam-se em boa condição. Incorporamos na nossa prática de cuidados as recomendações da Organização Mundial de Saúde promotoras do parto normal.

Aleitamento Materno

  • No bloco de partos promove-se o contacto precoce e a amamentação na primeira meia hora de vida, de acordo com o desejo da mãe. Atua-se de forma a proteger, promover e apoiar o aleitamento materno através da informação e orientação das grávidas e mães.

  


Ir para o topo ▲