Saltar navegação
SNS - Serviço Nacional de Saúde
Portugal 2020

Apresentação

Contactos

A Unidade de Hospitalização Domiciliária (UHD) do Hospital Garcia de Orta (HGO) iniciou funcionamento no dia 16 de novembro de 2015.

 

No contexto da pressão crescente colocada sobre a necessidade de mais e melhor desempenho dos cuidados hospitalares e simultaneamente da maximização da eficiência na utilização dos escassos meios disponíveis, a hospitalização domiciliária surge como uma resposta que pretende conjugar estes objetivos e ainda o aumento do bem-estar dos doentes e suas famílias.

 

A organização da prestação de cuidados de saúde através da Hospitalização Domiciliária (HD) surge no contexto de outras formas de organização da prestação de cuidados hospitalares, como sejam os Hospitais de Dia, a Consulta a Tempo e Horas (CTH), os Cuidados Continuados, a Rede Nacional de Cuidados Continuados (RNCCI) incluindo a Equipa de Gestão de Altas (EGA) e a Equipa de Cuidados Paliativos (EIHSCP), a Telemedicina e a Cirurgia do Ambulatório que inovam sobretudo na organização e na forma de disponibilização do acesso aos cuidados, simplificando e ajustando ás reais necessidades de cuidados. 

 

O HGO vem inovando em diversos destes contextos, tendo já em 2004 disponibilizado, a Unidade Funcional de Cuidados Continuados (UFCC) prestando cuidados diferenciados de enfermagem ao doente no seu domicilio, permitindo antecipar a alta hospitalar, a melhoria do bem-estar e segurança e promovendo a continuidade de cuidados com os Cuidados de Saúde Primários (CSP).

 

Alicerçado nesta experiência consolidada o HGO avançou em Novembro de 2015 com um novo serviço, a Unidade de Hospitalização Domiciliária, perspetivando a disponibilização de cuidados clínicos centrados nas necessidades do doente, humanizados, minimizando as complicações inerentes à hospitalização convencional, em concordância com a sua missão, “contribuir para o melhor nível possível de saúde e bem-estar dos indivíduos que necessitem de cuidados hospitalares”, oferecendo-lhes um serviço de qualidade sempre que a permanência no hospital seja prescindível e que o doente prefira e tenha condições de acesso.

 

Os 5 princípios essenciais do projeto de Hospitalização Domiciliaria do HGO são: 

1. Igualdade de direitos e deveres do doente

2. Equivalência de qualidade na prestação de cuidados

3. Voluntariado na aceitação do modelo

4. Humanização de serviços e valorização do papel da família

5. Rigor na admissão de doentes e no seu seguimento clínico

 

A Equipa da Unidade de Hospitalização Domiciliária (UHD) do Hospital Garcia de Orta (HGO) tem a seguinte composição:

 

Coordenação | Dra. Francisca Delerue (responsável), Dr. João Correia (coordenador médico), Enf. Sérgio Sebastião (coordenador de enfermagem), Alexandra Dias (assistente técnica) e Dr. Arménio Neves (administrador hospitalar)

 

Médicos | Dra. Claudia Maisa Viegas, Dra. Ana Oliveira Gomes, Dra. Maria Conceição Escarigo, Dra. Vitória Cunha, Dra. Rita Nortadas Pereira, Dr. Pedro Azevedo e Dr. Pedro Costa Beirão

 

Enfermeiros | Enf.ª Ana Cristina Emídio, Enf.ª Daniela Martins Santos, Enf.ª Maria Inês Horta Costa, Enf.ª Raquel Jesus Espadaneira, Enf. Bruno Miguel Jesus, Enf. Fernando Luis Palhim, Enf. Filipe Negreiros Dias e Enf. Rui Miguel Saramago

 

Técnicos Superiores | Dra. Ana Margarida Simões (farmacêutica), Dra. Célia Barca (assistente social) e Dra. Ana Cristina Fonseca (nutricionista)

 

Ir para o topo ▲